Bolsonaro começa a pagar o Auxílio Emergencial e começa dia...Clica e veja

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje, 31/03 a volta do Auxílio Emergencial e começara a pagar no dia 6 de Abril!


O presidente relatou em suas conversa com a imprensa, "O calendário né, uma volta do auxílio emergencial por quatro meses

é mais um endividamento da União isso não é dinheiro aqui estava no cofre

isso pesa para todos nós é uma conta que fica para nós e talvez para gerações

futuras também, nós estamos preocupados com as mortes, hoje o nosso comitê

se reuniu de manhã e os autoridades prevista frente da câmara do Senado representantes

de instituições, juntamente com o ministro da saúde que a pessoa que está nessa coordenação

e como sempre disse tínhamos e temos dois inimigos o vírus e o desemprego é uma realidade

não é ficando em casa que nós vamos solucionar esse problema, essa política ainda

está sendo adotada no espírito dela, era buscar a chatar a curva de contaminação

enquanto os hospitais se preparavam com leitos UTI respiradores, para que as pessoas

não viesse perder suas vidas por falta de atendimento, o governo federal dispensou

bilhões de reais para a saúde é público e notório que a arrecadação dos estados e

municípios somada ajuda do governo foram superavitárias.



O governo sabe que não

pode continuar por muito tempo com esses auxílios que custa para toda a população e

pode desequilibrar nossa economia, o apelo que te faz aqui é que essa política 

Lock Down, que seja revista isso cabe na ponta da linha aos governadores e aos prefeitos,

que só assim nós podemos voltar à normalidade temos assistindo vários países na 

Europa uma fadiga um stress no tocante à política em Lock Down, a população não apenas 

quer, precisa trabalhar nenhuma nação se sustenta por muito tempo com esse tipo de política

e nós queremos realmente é voltar à normalidade o mais rápido possível, buscando medidas para 

combater a pandemia como temos feito com a questão das vacinas, o Brasil e os números 

absolutos e os números relativos também está numa posição bastante privilegiada

gostaríamos de sermos os primeiro mas fazemos o possível..." Diz o Presidente da República Jair Bolsonaro.





Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem