Ministro Gilmar Mendes ‘Se não fosse o STF, teríamos mais mortes na pandemia’...



Na manhã desta segunda-feira (27), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), decano Gilmar Mendes, afirmou que o “tribunal [STF] no discurso governista é um grande injustiçado”.

A declaração ocorreu durante um webinar realizado pelo Metrópoles e promovido pela Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape).

Além de Gilmar Mendes, participaram do webinar o presidente da Anape, Vicente Braga, e o senador Rogério Carvalho.

“O governo, pela voz do presidente e de seus seguidores, repudiava qualquer medida de restrição, aquilo que se chamava isolamento social. O Supremo reconheceu que o tema da saúde exigia uma comparação tripartida. A estrutura de participação da União, dos estados e municípios era essencial”, afirmou o ministro, em referência à importância da autonomia concedida aos prefeitos e governadores.

“Se isso não tivesse ocorrido, se tivéssemos com um decreto oficial aberto todas as igrejas do Brasil, por exemplo, conforme gostaria o governo, teríamos um foco maior de contaminação. A mim me parece que a acusação contra o Supremo é injusta. Se não fosse essa ação do Supremo, por exemplo, teríamos mais mortos“, disse Gilmar.

Na semana passada, o ministro também disse que se não fosse o STF, o Brasil teria mais mortes de Covid-19.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem