FRACASSO - Renan Calheiros faz teatro e diz que concorda com adiamento da leitura do seu relatório.






A leitura do relatório final da CPI da COVID-19, com mais de 1200 Paginas de narrativas, foi adiada de 19 para 20 Outubro. Já a votação passou de 20 p/ 26, a ações na Justiça.


O relator da CPI da COVID-19, Renan Calheiros (MDB-AL), diz que concorda em adiar a votação, falou que terá mais temo para discutir o relatório.


"Eu concordo. Teremos mais tempo para discutirmos melhor o parecer e encaminhar melhores soluções. Acho que isso ajudará bastante no debate, dará mais tempo”, diz Renan


A CNN mostrou que o relatório do senador Renan Calheiros é falho, "Em caráter reservado, integrantes da CPI disseram que há lacunas no parecer final. A avaliação é a de que os pedidos de indiciamento precisam estar mais bem fundamentados p/ que o documento não caia em descrédito."


Os integrantes da CPI disseram à CNN que as tipificações criminais do relatório de Renan precisam de robustez com indícios e provas. É o caso da intenção do relator em sugerir o indiciamento de Bolsonaro por, entre outros crimes, genocídio de indígenas.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem