O fim da Globo se aproxima, Bolsonaro não irá renovar concessão!


O presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) “vai barrar nova concessão da TV Globo em 2022”.


De acordo com texto assinado pelo jornalista Daniel César, o presidente sequer levaria em consideração os documentos obrigatórios que a emissora de televisão precisa apresentar ao governo no processo de renovação da concessão.


Os políticos que comandam Brasília não se colocariam contra a gigantesca vitrine que é a Globo justamente em um ano eleitoral, com a propaganda na televisão vista como imprescindível para os candidatos e os partidos. A programação da emissora, em especial o jornalismo, é líder de audiência com o triplo dos índices registrados pela Record e pelo SBT.


Ainda que os parlamentares viessem a ratificar tal decisão de Jair Bolsonaro, a TV da família Marinho poderia judicializar a questão. Não sairia do ar até o julgamento definitivo da questão.


Ao longo da história brasileira, poucas emissoras perderam a concessão. Dois casos merecem destaque. Em 1970, a TV Excelsior foi extinta após uma série de desentendimentos com o governo militar. Dez anos depois, a TV Tupi teve a concessão cassada por não apresentar condições financeiras de continuar a operar.

FONTE: POPTIME

Veja o recado que Jair Bolsonaro deu para a TV Globo sobre a não renovação da concessão em 2022:


Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem