Senador Flávio Bolsonaro, é inocentado no caso das "rachadinhas", pela segundo turma do STF!





Por maioria, a 2ª Turma do STF anulou 4 dos 5 relatórios de inteligência financeira (RIFs) elaborados pelo Coaf e que embasaram as investigações contra o senador Flávio Bolsonaro no caso conhecido como ação das “rachadinhas”. 


Para o colegiado, o compartilhamento dos dados foi ilegítimo, por ter sido realizado antes de haver autorização da Justiça para o procedimento criminal contra o então deputado estadual.


Prevaleceu o entendimento de que apenas o primeiro RIF, em que o Coaf alertou sobre movimentações atípicas, é válido. Agora, caberá ao TJ do Rio analisar a continuidade da apuração sem as provas que foram anuladas.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem