Endoido, Bolsonaro irá pagar o Auxílio Emergencial em 'dobro' para os mais, necessitado.





O Ministério da Cidadania vai pagar auxílio emergencial retroativo para pais solteiros chefes de família que receberam às cinco primeiras parcelas do auxílio em 2020. Medida provisória assinada nesta sexta-feira (24) pelo presidente Jair Bolsonaro autorizou a liberação de crédito extraordinário no valor de R$ 4,1 bilhões para o pagamento do programa.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), destacou em suas redes sociais, que o Auxílio Emergencial mudou a vida de milhões de pessoas durante a Pandemia da COVID-19.



"- O Auxílio Emergencial mudou a vida de milhões de pessoas durante o “fique em casa que a economia a gente vê depois”. Foram mais de 750 milhões de pagamentos e mais de R$ 350 bilhões creditados. 

- Com o Auxílio Brasil, o
@govbr continua dirimindo impactos a quem mais precisa." em suas redes





Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem