'Vendendo até o nome' e sem 'mamata' do Governo Bolsonaro, Globo tem um pouco de melhoras financeiras.




Governo Federal e projeta aumento de 19% em seu faturamento comparado ao ano de 2020. Segundo informações do jornalista Jeff Benício, Portal Terra, seriam mais de R$ 2.3 bilhões de receitas no somatório dos R$ 12.5 bilhões faturados no ano passado. Há uma estimativa da entrada de quase R$ 15 bilhões, e com isso, o grupo terá o melhor resultado desde 2017.




No mês passado, a TV Globo driblou um prejuízo de R$ 114 milhões e teve uma receita de R$ 3.7 bilhões entre julho e setembro com aumento de 19% comparado ao ano anterior. Este é o melhor resultado de receita no terceiro trimestre. Além disso, a emissora da família Marinho retomou a liderança na Secom (Secretaria de Comunicação) no Palácio do Planalto. Dentre as TVs abertas, o canal aparecia na terceira colocação e captava apenas R$ 47.2 milhões contra R$ 58.8 milhões da Record TV e R$ 53.3 milhões do SBT.




No último balanço, a empresa tinha R$ 12.5 bilhões em caixa, patrimônio líquido de R$ 15.8 bilhões e recursos provenientes para o pagamento das dívidas com vencimento de médio a longo prazo. Embora tenha perdido R$ 300 milhões desde o início do mandato do Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), a Globo se mantém uma confortável posição financeira e investe em peso em uma de suas novas fontes de renda, o aplicativo de serviço streaming, Globoplay.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem