Bolsonaro 'detona' o ex-ministro Sérgio Moro, "Ele não me traiu, ele foi covarde".





O presidente Jair Bolsonaro (PL), em um trecho de sua live nesta quinta-feira (06), para à TV Nova Nordeste de Pernambuco, criticou o ex-ministro da Segurança Pública e Justiça, Sérgio Moro. "Quando estourou a Vaza Jato, todo mundo queira a cabeça dele. Peguei ele e entrei quase que de mão dada em formatura da Marinha.Teve um jogo do Flamengo no Rio e outro em Brasília. Fui no jogo do Flamengo com ele do meu lado. Ele não me traiu, ele foi covarde. O que ele queria era um ministério para trabalhar para ele. O plano de poder dele já estava definido lá atrás. Ele enganou enquanto pôde. Ele falou que eu poderia trocar o diretor-geral da PF, desde que indicasse ele para o STF. É uma pessoa que não tem noção." Diz Bolsonaro
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem