Presidente sobre o aborto na Colômbia, "Que Deus olhe pelas vidas inocentes das crianças colombianas" Diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro (PL), usou suas redes sociais, para reitera à aprovação do aborto feito no país da Colômbia, onde que quem decidiu a Corte Constitucional da Colômbia que descriminalizou o aborto em até 24 semanas de gestação.


"- Que Deus olhe pelas vidas inocentes das crianças colombianas, agora sujeitas a serem ceifadas com anuência do Estado no ventre de suas mães até o 6° mês de gestação, sem a menor chance de defesa. No que depender de mim, lutarei até o fim para proteger a vida de nossas crianças!" Em suas Redes






Nesta segunda-feira (21), a Corte Constitucional da Colômbia descriminalizou o aborto até 24 semanas de gestação. Após mais de oito horas de debate, o Supremo Tribunal tomou a decisão histórica com uma maioria simples de 5 a 4.

Até então, o Código Penal da Colômbia considerava o aborto legal em três casos específicos: estupro ou incesto, malformação fetal que inviabilizasse sua vida, ou quando a continuação da gravidez constituisse um perigo à vida ou à saúde da mulher, atestado por um doutor.


Mas realizar um aborto fora desses três cenários era considerado um crime. Isso mudou: agora é possível abortar até 6 meses de gravidez. Após a 24ª semana de gestação, aplicam-se os três motivos específicos para realizar um aborto legal.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem