Uns dos líderes do MBL deputado Kim Kataguiri é eleito presidente da Comissão de Educação.





O deputado Kim Kataguiri (União-SP) foi eleito (24 votos favoráveis e 9 em branco) presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (27). Ele substituirá a deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (União-TO) no cargo. Também foi eleito hoje o deputado Moses Rodrigues (União-CE) como 1º vice do colegiado – os 2º e 3º vices serão escolhidos em outra reunião.

Kim Kataguiri lembrou que, por ser ano eleitoral, a comissão terá de trabalhar muito e em curto espaço de tempo. "Temos de tentar sanar um pouco do prejuízo que tivemos na educação nos últimos dois anos [por causa da pandemia]", declarou.

O deputado informou que tem se reunido com ex-ministros e com gestores estaduais e municipais para fazer um diagnóstico dos principais problemas no ensino. "A educação brasileira se transformou em uma mera burocracia para se conseguir o diploma. As pessoas se formam no ensino médio sem saber coisas básicas", apontou.

O novo presidente da comissão defendeu prioridade de investimentos nos anos iniciais de ensino. "Uma criança que não sabe ler e escrever está condenada neste sistema atual de perpetuação da miséria e desigualdade social", disse.

Ele acrescentou que a comissão atuará de forma dura na apuração de denúncias de corrupção na aplicação de recursos no setor. "O problema de gestão no ensino brasileiro também envolve canalhice. Roubar dinheiro da educação compromete a vida de famílias inteiras", afirmou.

Críticas

Os deputados Glauber Braga (Psol-RJ) e Ivan Valente (Psol-SP) criticaram a candidatura de Kim por não concordarem com a "visão liberal" de mundo do parlamentar.

Já os deputados Tiago Mitraud (Novo-MG) e Átila Lira (PP-PI) apoiaram a chapa e defenderam maior participação da iniciativa privada no sistema educacional brasileiro.

Biografia

Kim Kataguiri tem 26 anos e está em seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados. Elegeu-se em 2018 como um dos deputados mais jovens da história do País, com a quarta maior votação em São Paulo. Ficou conhecido por ter sido um dos cofundadores e coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL), organização política liberal, criada em 2014, que protagonizou frequentes protestos a favor do impeachment de Dilma Rousseff e de ações políticas em todo o Brasil.

Em 2015, tornou-se colunista do jornal Huffington Post Brasil e, em 2016, passou a assinar uma coluna na Folha de S.Paulo. Também em 2016, Kim Kataguiri passou no vestibular do Instituto de Direito Público (IDP) em São Paulo, ingressando na primeira turma do curso de direito da instituição. Em outubro de 2015, a revista americana Time classificou Kataguiri como um dos jovens mais influentes do mundo naquele ano.

Atribuições

Como presidente da Comissão de Educação, Kim Kataguiri terá responsabilidade pela pauta de assuntos relativos a educação em geral; política e sistema educacional, em seus aspectos institucionais, estruturais, funcionais e legais; direito à educação; e recursos humanos e financeiros para o setor.

Fonte: Agência Câmara de Notícias
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem