Ministro afirma que China vai lutar até o fim para impedir a independência de Taiwan!






Nos últimos dias, o confronto entre as duas grandes potências cresceu a respeito de Taiwan, a ilha autogovernada de maneira democrática que Pequim considera parte de seu território à espera de uma reunificação, inclusive pela força se necessário.

As frequentes incursões aéreas de caças chineses perto de Taiwan alimentam as tensões e no sábado o chefe do Pentágono, Lloyd Austin, acusou a China de sustentar atividade militar "provocativa e desestabilizadora" em um discurso durante o Diálogo de Shangri-la, um fórum de segurança que acontece em Singapura.

No momento de seu discurso no mesmo evento, o ministro da Defesa da China, Wei Fenghe, respondeu que seu país "não tem outra opção" a lutar contra qualquer tentativa de separar Taiwan da China.

"Vamos lutar independente do custo e lutaremos até o final. Esta é a única opção para a China", disse.

"Ninguém deve subestimar a resolução e a habilidade das Forças Armadas chinesas para salvaguardar sua integridade territorial", afirmou.

O ministro também fez uma advertência e declarou que "aqueles que buscam a independência taiwanesa em uma tentativa de separar a China definitivamente terão um final ruim".
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem