Recado ao STF, Senador Girão surpreende e mostra algo impactante! (VEJA O VÍDEO)


Em pronunciamento nesta terça-feira (14), o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) afirmou ser preciso "fazer algo" para barrar o ativismo judiciário que, no seu entendimento, se manifesta em "atitudes populistas" e "desvios de conduta" de magistrados, especialmente dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele enumerou situações que a seu ver demostram que os ministros estariam extrapolam o poder que lhes é atribuído: como articulação política para influenciar na decisão sobre o "voto auditável" nas urnas eletrônicas; críticas às Forças Armadas; palestra em evento no Texas, nos Estados Unidos, intitulado 'Livrando-se de um presidente'; defesa do regime semipresidencialista em evento em Portugal; instauração de inquérito no qual o mesmo ministro é investigador, acusador e julgador do caso; desrespeito ao indulto presidencial concedido ao deputado federal Daniel Silveira; e alteração de regras de julgamento do STF, enfraquecendo os poderes dos dois mais novos ministros da Corte, nomeados pelo presidente Jair Bolsonaro.

— É uma clara perseguição, é um claro ativismo político e ideológico, que tem o objetivo de isolar quem pensa diferentemente deles. É isso o que está acontecendo. E o brasileiro tá vendo. O brasileiro não é bobo, não. Ele está acompanhando, sim.

Eduardo Girão lembrou ainda que foram apresentados 58 pedidos de impeachment de ministros do STF, mas até hoje nenhum deles foi aceito.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem