Andrade Gutierrez começa a devolver o que roubou dos cofres públicos e Zema detona "Na minha Gestão a tolerância é zero com a corrupção."




Governador Romeu Zema (NOVO), veio as suas redes sociais 'detonar' a empresa Andrade Gutierrez que agora terá de devolver mais 100 milhões aos mineiros dos cofres públicos!

"Impunidade não tem mais vez em Minas. Depois da Andrade Gutierrez devolver mais de R$ 1
00 milhões em 2021, agora a antiga OAS também vai pagar aos mineiros R$ 43 milhões que foram desviados por fraudes em obras da Cidade Administrativa e na Cemig. Na minha Gestão a tolerância é zero com a corrupção." Disse Zema



A construtora Andrade Gutierrez só vai começar a devolver aos cofres públicos os R$ 128 milhões que assumiu ter desviado de contratos com o Governo de Minas Gerais daqui a 18 meses. De acordo com o acordo de leniência assinado pela empresa com a CGE (Controladoria-Geral do Estado) e o Ministério Público, a primeira parcela tem como data de vencimento 31 de março de 2023.



Ao todo, são 32 parcelas iguais, de R$ 4 milhões a cada três meses. Caso o valor seja pago de forma regular, o pagamento será finalizado em 2030, vinte anos depois da inauguração da Cidade Administrativa, sede do governo estadual, e uma das obras em que houve desvio de recursos. A lista completa das obras executadas pela Andrade Gutierrez em que a empresa assumiu ter havido irregularidades, está mantida sob sigilo.



Em caso de atraso no pagamento, a empreiteira será multada em R$ 2.700 por dia, não podendo ultrapassar R$ 800 mil. O acordo será rompido caso o atraso chegue a mais de 90 dias.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem